Uma relação é 50%-50%, mas …

Uma relação é 50%-50%, mas …

Uma das áreas mais difíceis de nos colocarmos em causa, ou seja, de nos responsabilizarmos pelos nossos resultados é a área dos relacionamentos.

Acredita que eu sei! Foram muitas as horinhas que já passei, como cliente de terapia e coaching, a queixar-me das pessoas que partilhavam a vida comigo 😀

Recentemente, quando estava a dar uma sessão de coaching a uma nova cliente ela perguntou-me: “Nao percebo muito bem, Joana. Estás a dizer que eu tenho de me responsabilizar. Mas uma relação não é 50%-50%?”

Adorei esta pergunta! É mesmo, mesmo, mesmo importante!!!

De facto uma relação só vai funcionar para os elementos dessa relação, se ambas as pessoas quiserem muito que ela funcione. Mas aqui ficam duas reflexões para o caso de também teres dentro de ti a questão – “Estás a dizer que eu tenho de me responsabilizar. Mas uma relação não é 50%-50%?”:

1) Se eu repito sempre o mesmo padrão, ou semelhante, em todas as minhas relações, o único denominador comum sou eu.

Por isso, quando digo que tenho de me responsabilizar é isto.

Independentemente da pessoa que tenho comigo estar a agir bem ou mal, eu é que a escolhi. Eu é que escolhi os outros todos antes dele, que faziam o mesmo ou parecido. Se isto está a acontecer a questão que eu posso colocar-me é: O que é que se passa comigo que estou sempre a atrair este tipo de pessoa para a minha vida ou até a estimular que eles fiquem assim?

Isto é responsabilizar-me pelos meus resultados nas minhas relações.

2) Se uma relação é 50-50, os meus 50% são 100% meus.

Será que estou mesmo a dar 100% nesta relação? Será que estou a fazer tudo o que posso e sei para que ela seja a melhor relação do mundo?

Se estamos a dar tudo o que temos durante muito tempo, meses talvez, e não recebemos nada de volta, talvez essa não seja a pessoa certa para nós. Já me aconteceu no passado. Hoje teria certamente outros recursos, outras soluções, é verdade. Mas a Joana que eu era na altura deu tudo o que tinha e o que não tinha e, mesmo assim, não conseguiu.

Se esse for o teu caso, se estás a dar tudo, há meses e não recebes nada de volta, o melhor é saberes já!

Por isso, quando digo que tenho de me responsabilizar é isso. Ter a honestidade de me questionar se estou a dar tudo e, caso a resposta seja afirmativa, ter a coragem de perceber que esta talvez não seja a relação para mim.

Lembra-te disto: Dentro da relação a responsabilidade é 50-50. Mas estares na relação certa para ti, isso é 100% tua responsabilidade. Dá 100% de ti à relação e à outra pessoa, durante um período delimitado e depois vais saber.

É verdade que nada disto é fácil, mas acredito que a recompensa vai valer a pena 😉

Boa sorte! Boa quinta-feira!

Jo 💙