Não estou a ouvir nada!!!!

Não estou a ouvir nada!!!!

Quando estamos a subir as nossas montanhas, uma boa dose de “ouvidos moucos” é recomendável.

É que é inevitável que quando estás a sair do comum a caminho do extraordinário que as vozes à tua volta se levantem para te dizer que não.

Não faças isso.
Não é por aí.
Não é assim.
Não estás certo/a.

Acho que uma das minhas principais funções, como pessoa cuja profissão é ajudar outros seres humanos, é dizer-lhes que sim. Que é por aí. Que é assim. Que estão certos.

Seja qual for o resultado do seu empreendimento, estão certos só pelo simples facto de que decidiram sair do status quo e ir em direção a uma nova jornada que irá ter dragões e provações, mas da qual, sem a mais pequena dúvida vão sair transformados.

E essas vozes não são apenas de pessoas mal intencionadas. Longe disso. Muitas vezes ficamos surpreendidos pelas pessoas que se manifestam em formato de resistência, quando mencionamos os nossos sonhos. Essas vozes que te acautelam, que te assustam, que te recomendam a entropia são também as vozes de quem te ama e quer o teu melhor. Mas no nosso “melhor”, nem sempre cabe tudo aquilo que podemos ser.

Por isso, quando decidires subir a tua próxima montanha, um pouquinho de alienação seletiva é extremamente recomendável. Dá-te ao luxo de teres uma espécie de “autismo” voluntário relativo aos estímulos que não alimentam a tua “loucura”.

Eu sei que tu és tudo aquilo que és neste momento, mas também sei que tu és muito mais do que isso.

Go for it! Com uma pitadinha de ouvidos moucos.

Bom fim de semana!
Jo 💙