Treinar o “Sonhar alto”

Treinar o “Sonhar alto”

É surpreendente como não estamos treinados a sonhar. A colocar possibilidades que nos inspirem. A colocar hipóteses e a dizer de forma inspirada: “Como é que seria se …”

Sei bem que olhar para as nuvens e sonhar com um futuro fantástico é mais fácil para uns do que para outros. É algo que sai mais naturalmente para algumas pessoas. Mas no geral parece-me que estamos todos, sonhadores e realistas, pouco treinados para fantasiar.

Acredito mesmo que deveria ser dos atributos mais estimulados desde crianças, seja nas nossas famílias, seja nas nossas escolas.

Até hoje, o sonhador é um pouco olhado de lado e desvalorizado. “Ele é um cabeça no ar” dizem com desdém, como se de um defeito se tratasse. E sim, é ótimo ser realista e estar presente aqui e agora. Mas se não fossem os sonhadores, os loucos e os excêntricos ninguém se lembraria de colocar a hipótese de “como seria se todas as famílias tivessem um computador em casa” ou de “como seria se a comunidade cientifica colaborasse para encontrar uma vacina para o HIV”.

A capacidade de sonhar em grande foi mesmo uma das melhores coisas que o desenvolvimento pessoal trouxe à minha vida. Sem essa capacidade nem sei onde estaria hoje. No entanto, confesso, que é algo para o qual tenho de me esforçar, não me é fácil imaginar possibilidades fantásticas. É mesmo um treino.

Mas pelo que tenho percebido até hoje – comigo, com os meus amigos e com os meus clientes que se permitem essa ousadia de sonhar em grande – se tivermos uma pitadinha de consistência e teimosia criamos uma fórmula mágica.

A fórmula mágica que torna sonhos realidade.

“Here’s to the crazy ones. The misfits. The rebels. The troublemakers. The round pegs in the square holes. The ones who see things differently. They’re not fond of rules. And they have no respect for the status quo. You can quote them, disagree with them, glorify or vilify them. About the only thing you can’t do is ignore them. Because they change things. They push the human race forward. And while some may see them as the crazy ones, we see genius. Because the people who are crazy enough to think they can change the world, are the ones who do.” Rob Siltanen

Tem um dia louco!

Jo 💙