Dá energia àquilo em que és bom

Dá energia àquilo em que és bom

Um paradoxo interessante na minha área de trabalho é que, ao mesmo tempo que divulgamos e estimulamos um movimento de extrema positividade também estamos, por outro lado, obcecados com os problemas das pessoas e com aquilo que elas fazem de menos bem.

Sinto que talvez haja aqui um desequilíbrio significativo em detrimento do foco naquilo em que cada um de nós já tem de espetacular. Nos nossos melhores atributos.

Quando as pessoas chegam para fazer um processo de coaching ou um curso e partilham as suas angústias o primeiro movimento, nosso e delas, é começar a refletir sobre o que têm de menos bom. Quais são os seus defeitos, quais são as suas lacunas. De seguida o movimento é no sentido de melhorar esses atributos em que são medianos ou fracos.

Talvez esteja na hora de começarmos a ajudar mais os nossos clientes e alunos a dar mais energia e foco àquilo em que já são muito bons para que consigam tornar-se excepcionais nisso.

Este conceito aprendi com o Daniel em 2011 no curso de catalisadores. Pela primeira vez na vida tive uma pessoa a dizer-me: “Sim, tu tens defeitos, mas mais importante que isso, tu tens qualidades. Vamos focar nessas?”

O que aprendi nesse dia, e que foi transformador, é que se focares em algo em que és fraco, vais melhorar nisso e tornar-te mediano nesse atributo. Se focares em algo em que és naturalmente forte, vais melhorar e tornar-te fora de série nesse atributo.

Por isso, a ideia é:
Se tens um objetivo que queres atingir, sim haverá coisas que tens de melhorar, mas certamente há coisas que já és ou fazes naturalmente muito bem. Põe gás nessas coisas! Faz ainda mais disso! Sê ainda mais desse atributo. Pensa como podes ser 10 vezes mais forte nesse aspeto que te é já naturalmente fácil.

Vamos supor que queres viver do teu propósito de vida e, por um lado és pouco disciplinado, mas por outro lado és incrivelmente estudioso. Sim, melhorar a disciplina deve ser um foco, mas deves ter outro foco, igualmente relevante, em seres o mais estudioso que tens a capacidade de ser. Quem sabe até possas estudar sobre como ser mais disciplinado 😂

Vamos supor que queres ter um namorado novo e, por um lado és pouco extrovertida e disponível, mas por outro és incrivelmente empática e querida. Sim, melhorar a tua extroversão e abertura deve ser um foco fundamental, mas deves ter outro foco, muito relevante, em seres o mais empática e querida que consegues ser. Deves focar-te em ser 10 vezes mais empática e querida.

Resumindo, deves focar-te em ser 10 vezes mais aquilo em que já és naturalmente forte.

Porquê? Se já és forte, para quê focar nisso? Pelo menos, por três motivos determinantes:
1) se te é natural é também mais fácil para ti e a probabilidade de te tornares um “génio” nisso é muito grande.
2) são esses atributos em que és excepcional que te vão distinguir de todos nós. E mais uma coisa determinante …
3) quando focas naquilo em que és bom ficas mais confiante em ti. Aprendes a gostar mais ti. Começa a ser mais fácil de veres o quão brutal tu já és, mesmo sem os outros atributos que te são menos fáceis.

Por isso, a minha proposta para ti hoje é: pensares em 5 coisas em que já és incrível e tentares ser ainda mais disso de forma sistemática.

Se quiseres para começar, podes até partilhar aqui em baixo os teus 5 atributos favoritos. No final do dia vou colocar os meus 5 também. Vou ADORAR saber mais sobre ti.

Até já!
Jo 💙