Resistências e resultados

Resistências e resultados

Recentemente percebi que, por coincidência ou não, quando partilhamos uma ideia com alguém, o seu nível de abertura a essa ideia ou possibilidade é tanto menor quanto menos resultados essa pessoa tem nessa área.

Vamos supor que partilhavas uma reflexão sobre a área da carreira, uma mudança de paradigma, um novo raciocínio. A probabilidade da pessoa que te ouve mostrar resistência a essa ideia, está diretamente relacionada com a sua falta de resultados nessa área. Não estou a falar de concordar ou não, mas apenas na disponibilidade para ouvir, refletir e conversar sobre o tema realmente aberto a ser eventualmente influenciado positivamente por ele.

Claro que, quando percebi isto, fui imediatamente fazer a inferência para mim mesma. E não é que confirmei essa observação 🤔😄

Por exemplo, uma área de vida em que tenho tido vários avanços e recuos é a área financeira. Felizmente tenho facilidade em ganhar o dinheiro que preciso para ter uma vida que adoro, viver onde quero, viajar o mundo e coisas do género. Mas no que toca a poupanças, investimentos e rendimentos passivos, sou um verdadeiro zero à esquerda.

No outro dia o Daniel disse: “Babes, anda aqui ouvir este audio deste gazilionário, porque acho que vais gostar.”

Assim que ouvi a primeira frase do senhor … literalmente a PRIMEIRA FRASE … disse: “Isso não faz sentido nenhum, esquece.”

Depois lá expliquei o meu ponto de vista, mas fechei o assunto, não ouvi mais nada e fiquei no meu poleiro cheia de razão.

Ora, tivesse sido sobre qualquer outro tema onde eu tenho bons resultados, tenho a certeza que tinha passado por cima daquela primeira frase, tinha ouvido tudo e depois teria comentado qualquer coisa como: “Que interessante este e aquele ponto. Não concordei com a frase X, mas é engraçada esta e aquela perspectiva.” Mesmo que depois não utilizasse nada do que foi dito para mim, mesmo que depois ficasse na mesma, pelo menos tinha aberto a porta a pensar no assunto em vez de simplesmente “negar à partida uma ciência que desconheço” 😀

Achei isto mesmo curioso porque, para mim, isto diz-me que não é por acaso que há áreas em que temos resultados e outras não. E não é só uma questão de mais ou menos facilidade ou jeito para esta ou aquela área. Há algo antes disso. Há algo relacionado com a nossa resistência para abrir a nossa cabeça para outras possibilidades relativamente a esse assunto.

Posto isto, decidi criar uma estratégia para mim de intervenção sobre este assunto da resistência:
1) sempre que me vir numa situação em que posso ouvir o testemunho de alguém sobre um tema meu, primeiro vou analisar os resultados dessa pessoa nesse tema. Se ela tiver resultados extraordinários terei de me render a esse facto.
2) vou ouvir, ver ou ler até ao fim, independentemente das minhas resistências. No mínimo tenho de dar uma hipótese e assumir que, se sair de lá apenas com uma nova ideia, já valeu a pena.
3) lembrar-me que há vários níveis de compreensão de um mesmo tema. Já me aconteceu achar que percebi uma coisa e passados 2 anos oiço a mesma frase e percebo-a de outro nível completamente diferente. Por isso, vou ser humilde e inundar a minha vida de conteúdos sobre esse tema, e não vou parar até finalmente ser a pessoa que preciso de ser para obter o resultado que pretendo.

É isso 🙂

Adorei fazer esta reflexão para mim mesma e acredito que, por causa dela, dei mais um passinho para conseguir resultados diferentes numa ou noutra área de vida que teima em ser-me mais difícil.

Espero que tenha feito o mesmo por ti. Mas se não, já sabes … se ficaste apenas com uma nova ideia, já valeu a pena.

Boa terça-feira.
Jo 💙