Integrar os opostos

Integrar os opostos

Tenho estado muito dedicada a esta aprendizagem nos últimos meses e está a revelar-se ser uma das aprendizagens mais difíceis que já tive a ousadia de tentar fazer.

Perceber que existe verdade numa premissa e que, ao mesmo tempo, existe verdade na sua premissa oposta.

Perceber que eu tenho razão e que aquela pessoa com que me estou a debater também tem razão.

Perceber que acredito que sou uma coisa e que lá dentro, muitas vezes, sou o oposto disso.

Conseguir integrar duas verdades opostas na nossa psique ao mesmo tempo tem tanto de revelador como de utópico. Mas este exercício psicológico tem-me trazido uma grande flexibilidade mental e espiritual.

Como todas as utopias, vale a pena correr atrás delas, no mínimo porque acrescentam mais luz à nossa vida. Ou se calhar … talvez não ?

Jo ♥